Mostrando postagens com marcador MPES. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador MPES. Mostrar todas as postagens

terça-feira, 26 de fevereiro de 2019

MPES realiza processo seletivo com vaga em Vila Velha

O Ministério Público do Estado do Espírito Santo (MPES) tem processo seletivo aberto com vaga para prestador de serviço voluntário junto à 3ª Promotoria de Justiça Criminal de Vila Velha. A seleção abre uma vaga imediata para candidato com Superior Completo e disponibilidade de 20 horas semanais, 4h por dia.

A inscrição dos interessados à prestação de serviço voluntário deve ser realizada por meio do Serviço de Protocolo, localizado na sede da Procuradoria-Geral de Justiça, ou na Promotoria de Justiça de Vila Velha, via SEI, de segunda-feira a sexta-feira, entre 12 horas e 19 horas, até 27/02/2019, com apresentação dos seguintes documentos:

I - Requerimento de Inscrição em Seleção de Voluntário devidamente preenchido, disponível na página da seleção, no sítio eletrônico www. mpes.mp.br;
II - cópia do Registro Geral e do Cadastro de Pessoa Física;
III - uma foto 3x4, colorida e recente;
IV - cópia de comprovante de residência atualizado, emitido nos últimos 3 meses;
V - cópia de certificado de conclusão de curso ou declaração de matrícula em instituição de ensino;
VI - currículo resumido, contendo: a) dados de identificação: nome completo, data de nascimento, idade, sexo, estado civil, naturalidade, filiação, endereço residencial, telefones para contato, e-mail; b) escolaridade: instituição de ensino, curso, período; c) experiência profissional: três últimas experiências, nome da empresa/ instituição, data de admissão e de desligamento, atividades desenvolvidas; d) cursos de aperfeiçoamento: curso, instituição, data de realização.
VII - certidão negativa de antecedentes criminais expedida há, no máximo, trinta dias pela Justiça Estadual e pela Justiça Federal, nela incluída a Eleitoral;
VIII - cópia de comprovante de regularidade com as obrigações eleitorais;
IX - cópia de comprovante de regularidade com as obrigações militares, em caso de candidato do sexo masculino;
X - declaração, sob as penas da lei, de não ter sido condenado por crime contra o patrimônio, contra a administração e contra a fé pública, bem como por ato de improbidade;
XI - declaração de não ter sofrido, no exercício da função pública, as penalidades de demissão ou destituição de cargo em comissão;
XII - declaração, no caso de bacharéis em Direito, de que a realização do serviço voluntário não se dará concomitantemente com o exercício da advocacia;
XIII - declaração de que não presta serviço em escritório de advocacia, remunerado ou não, e de que não recebe de escritório qualquer vantagem.

Os candidatos serão classificados através de análise pela Coordenação de Recursos Humanos da documentação apresentada; e entrevista presencial com o responsável pela unidade organizacional em que se dará a prestação do serviço, agendada pelo Ministério Público do Estado do Espírito Santo após análise e aprovação dos documentos.

Todo o processo de execução desta seleção, com as informações pertinentes, estará disponível no endereço eletrônico do Ministério Público do Estado do Espírito Santo (www.mpes.mp.br).

O processo de seleção possui duração de doze meses a contar da publicação do resultado final, podendo ser prorrogado por igual período, a critério da administração.
_leia mais

MPES realiza seletivo para estágio pós-graduação em Direito

Mediante lançamento de edital, estão abertas as inscrições de processo seletivo para estágio pós-graduação em Direito no âmbito do Ministério Público do Estado do Espírito Santo (MPES). O auxílio é de R$ 1.600,00, sendo carga horária de 6 horas diárias/30 horas semanais.

O certame é aberto para bacharéis em Direito e que estejam cursando pós-graduação na área de Direito, com carga horária mínima de 360 horas. A seleção vai formar cadastro reserva nas Promotorias de Justiça de Água Doce do Norte; Alfredo Chaves; Barra de São Francisco; Bom Jesus do Norte; Cachoeiro de Itapemirim; Colatina; Conceição do Castelo; Domingos Martins; Ecoporanga; Fundão; Itapemirim; Laranja da Terra; Linhares; Marilândia; Mimoso do Sul; Montanha; Mucurici; Muniz Freire; Muqui; Piúma; Presidente Kennedy; Rio Bananal; Rio Novo do Sul; Santa Maria de Jetibá; Santa Teresa; São José do Calçado; Serra; Venda Nova do Imigrante e Vila Velha.

Inscrições devem ser efetivadas através do http://www.mpes.mp.br/, com prazo final marcado para 10 de março de 2019. Após o término do período de inscrição, será disponibilizada no endereço eletrônico do Ministério Público do Estado do Espírito Santo (www. mpes.mp.br) a relação das inscrições deferidas, sendo facultada a apresentação de recurso à Comissão de Seleção de Estagiários, no prazo de um dia, na forma dos artigos 31 a 33.

Os candidatos serão classificados através de prova objetiva de Direito composta de 30 questões abrangendo Direito Constitucional, Direito Civil, Direito Processual Civil, Direito Penal e Direito Processual Penal.

As provas terão duração total de 2 (duas) horas e 30 (trinta) minutos e serão aplicadas na provável data de 20 de março de 2019, no horário de 14h às 16h30min, em local a ser publicado até 2 (dois) dias antes da data de aplicação da prova. Será considerado aprovado o candidato que obtiver no mínimo 50% da pontuação total da prova.

Os candidatos serão classificados por ordem decrescente da pontuação final, divulgadas no Diário Oficial do Estado e no endereço eletrônico do Ministério Público do Estado do Espírito Santo (www.mpes.mp.br).

O prazo de validade da presente seleção é de 12 (doze) meses, contados da data da homologação do resultado final do processo seletivo, podendo ser prorrogado uma única vez, por igual período, a critério do Subprocurador-Geral de Justiça Administrativo.
_leia mais

MPES abre seletivo para prestador de serviço voluntário

O Ministério Público do Estado do Espírito Santo (MPES) tem processo seletivo para prestador de serviço voluntário para a 2ª Promotoria de Justiça de Justiça Cível de Vitória. A seleção abre uma vaga para candidato que esteja cursando ensino superior (Direito) e possua disponibilidade de 35 horas semanais, de segunda a sexta, das 12h às 19h.

A inscrição dos interessados à prestação de serviço voluntário deve ser realizada por meio do Serviço de Protocolo, localizado na sede da Procuradoria-Geral de Justiça, ou na 2ª Promotoria de Justiça Cível de Vitória, via SEI, de segunda-feira a sexta-feira, entre 12 horas e 19 horas, até 25/03/2019, com apresentação dos seguintes documentos:

I - Requerimento de Inscrição em Seleção de Voluntário devidamente preenchido, disponível na página da seleção, no sítio eletrônico www.mpes.mp.br;
II - cópia do Registro Geral e do Cadastro de Pessoa Física;
III - uma foto 3x4, colorida e recente;
IV - cópia de comprovante de residência atualizado, emitido nos últimos 3 meses;
V - cópia de certificado de conclusão de curso ou declaração de matrícula em instituição de ensino;
VI - currículo resumido, contendo: a) dados de identificação: nome completo, data de nascimento, idade, sexo, estado civil, naturalidade, filiação, endereço residencial, telefones para contato, e-mail; b) escolaridade: instituição de ensino, curso, período; c) experiência profissional: três últimas experiências, nome da empresa/ instituição, data de admissão e de desligamento, atividades desenvolvidas; d) cursos de aperfeiçoamento: curso, instituição, data de realização.
VII - certidão negativa de antecedentes criminais expedida há, no máximo, trinta dias pela Justiça Estadual e pela Justiça Federal, nela incluída a Eleitoral;
VIII - cópia de comprovante de regularidade com as obrigações eleitorais;
IX - cópia de comprovante de regularidade com as obrigações militares, em caso de candidato do sexo masculino;
X - declaração, sob as penas da lei, de não ter sido condenado por crime contra o patrimônio, contra a administração e contra a fé pública, bem como por ato de improbidade;
XI - declaração de não ter sofrido, no exercício da função pública, as penalidades de demissão ou destituição de cargo em comissão;
XII - declaração, no caso de bacharéis em Direito, de que a realização do serviço voluntário não se dará concomitantemente com o exercício da advocacia;
XIII - declaração de que não presta serviço em escritório de advocacia, remunerado ou não, e de que não recebe de escritório qualquer vantagem.

Os candidatos serão classificados através de análise pela Coordenação de Recursos Humanos da documentação apresentada; e entrevista presencial com o responsável pela unidade organizacional em que se dará a prestação do serviço, agendada pelo Ministério Público do Estado do Espírito Santo após análise e aprovação dos documentos.

Todo o processo de execução desta seleção, com as informações pertinentes, estará disponível no endereço eletrônico do Ministério Público do Estado do Espírito Santo (www.mpes.mp.br).

O processo de seleção possui duração de doze meses a contar da publicação do resultado final, podendo ser prorrogado por igual período, a critério da administração.
_leia mais

MPES tem seletivo aberto com vagas em Presidente Kennedy

O Ministério Público do Estado do Espírito Santo (MPES) tem processo seletivo aberto com vagas para prestador de serviço voluntário junto à Promotoria de Justiça de Presidente Kennedy. A seleção abre 02 oportunidades para graduando em Direito, a partir do 5° período, e disponibilidade de 20 horas semanais e 4h diárias.

As inscrições serão recebidas, de forma presencial ou pelo serviço de correios de segunda-feira a sexta-feira, entre 12 horas e 19 horas, até 22/03/2019, com apresentação dos seguintes documentos:

I - Requerimento de Inscrição em Seleção de Voluntário devidamente preenchido, disponível na página da seleção, no sítio eletrônico www.mpes.mp.br;
II - cópia do Registro Geral e do Cadastro de Pessoa Física;
III - uma foto 3x4, colorida e recente;
IV - cópia de comprovante de residência atualizado, emitido nos últimos 3 meses;
V - cópia de certificado de conclusão de curso ou declaração de matrícula em instituição de ensino;
VI - currículo resumido, contendo: a) dados de identificação: nome completo, data de nascimento, idade, sexo, estado civil, naturalidade, filiação, endereço residencial, telefones para contato, e-mail; b) escolaridade: instituição de ensino, curso, período; c) experiência profissional: três últimas experiências, nome da empresa/ instituição, data de admissão e de desligamento, atividades desenvolvidas; d) cursos de aperfeiçoamento: curso, instituição, data de realização.
VII - certidão negativa de antecedentes criminais expedida há, no máximo, trinta dias pela Justiça Estadual e pela Justiça Federal, nela incluída a Eleitoral;
VIII - cópia de comprovante de regularidade com as obrigações eleitorais;
IX - cópia de comprovante de regularidade com as obrigações militares, em caso de candidato do sexo masculino;
X - declaração, sob as penas da lei, de não ter sido condenado por crime contra o patrimônio, contra a administração e contra a fé pública, bem como por ato de improbidade;
XI - declaração de não ter sofrido, no exercício da função pública, as penalidades de demissão ou destituição de cargo em comissão;
XII - declaração, no caso de bacharéis em Direito, de que a realização do serviço voluntário não se dará concomitantemente com o exercício da advocacia;
XIII - declaração de que não presta serviço em escritório de advocacia, remunerado ou não, e de que não recebe de escritório qualquer vantagem.

Os candidatos serão classificados através de análise pela Coordenação de Recursos Humanos da documentação apresentada; e entrevista presencial com o responsável pela unidade organizacional em que se dará a prestação do serviço, agendada pelo Ministério Público do Estado do Espírito Santo após análise e aprovação dos documentos.

Todo o processo de execução desta seleção, com as informações pertinentes, estará disponível no endereço eletrônico do Ministério Público do Estado do Espírito Santo (www.mpes.mp.br).

O processo de seleção possui duração de doze meses a contar da publicação do resultado final, podendo ser prorrogado por igual período, a critério da administração.
_leia mais

MPES anuncia processo seletivo com vaga em Vitória

O Ministério Público do Estado do Espírito Santo (MPES) tem processo seletivo aberto com vaga para prestador de serviço voluntário junto à 1ª Promotoria de Justiça Cível de Vitória. A oportunidade é aberta para candidato com Superior Completo em Direito e disponibilidade de 20 horas semanais, 04 horas diárias.

As inscrições serão recebidas, de forma presencial ou pelo serviço de correios, de segunda-feira a sexta-feira, entre 12 horas e 19 horas, até 22/03/2019, mediante apresentação da seguinte documentação:

I - Requerimento de Inscrição em Seleção de Voluntário devidamente preenchido, disponível na página da seleção, no sítio eletrônico www.mpes.mp.br;
II - cópia do Registro Geral e do Cadastro de Pessoa Física;
III - uma foto 3x4, colorida e recente;
IV - cópia de comprovante de residência atualizado, emitido nos últimos 3 meses;
V - cópia de certificado de conclusão de curso ou declaração de matrícula em instituição de ensino;
VI - currículo resumido, contendo: a) dados de identificação: nome completo, data de nascimento, idade, sexo, estado civil, naturalidade, filiação, endereço residencial, telefones para contato, e-mail; b) escolaridade: instituição de ensino, curso, período; c) experiência profissional: três últimas experiências, nome da empresa/ instituição, data de admissão e de desligamento, atividades desenvolvidas; d) cursos de aperfeiçoamento: curso, instituição, data de realização.
VII - certidão negativa de antecedentes criminais expedida há, no máximo, trinta dias pela Justiça Estadual e pela Justiça Federal, nela incluída a Eleitoral;
VIII - cópia de comprovante de regularidade com as obrigações eleitorais;
IX - cópia de comprovante de regularidade com as obrigações militares, em caso de candidato do sexo masculino;
X - declaração, sob as penas da lei, de não ter sido condenado por crime contra o patrimônio, contra a administração e contra a fé pública, bem como por ato de improbidade;
XI - declaração de não ter sofrido, no exercício da função pública, as penalidades de demissão ou destituição de cargo em comissão;
XII - declaração, no caso de bacharéis em Direito, de que a realização do serviço voluntário não se dará concomitantemente com o exercício da advocacia;
XIII - declaração de que não presta serviço em escritório de advocacia, remunerado ou não, e de que não recebe de escritório qualquer vantagem.

A seleção dos voluntários é compreendida por duas fases eliminatórias, quais sejam: análise pela Coordenação de Recursos Humanos da documentação apresentada; e entrevista presencial com o responsável pela unidade organizacional em que se dará a prestação do serviço, agendada pelo Ministério Público do Estado do Espírito Santo após análise e aprovação dos documentos.

Todo o processo de execução desta seleção, com as informações pertinentes, estará disponível no endereço eletrônico do Ministério Público do Estado do Espírito Santo (www.mpes.mp.br).

O processo de seleção possui duração de doze meses a contar da publicação do resultado final, podendo ser prorrogado por igual período, a critério da administração.
_leia mais